sexta-feira, 22 de março de 2013

Atleta em destaque

Miguel Serradas Duarte



23out2011, primeira prova de trilhos – 20k
  


Miguel Serradas Duarte
38 anos, Fotógrafo










O Miguel é um apaixonado por corrida em trilhos, a foto não engana!! Para além de ter um sentido de humor fantástico, é um atleta de alto nível para quem os desafios são cada vez maiores. Basta ver por onde começou a correr.

      1.       Há quanto tempo corres?

O Runkeeper diz que foi a 1 de Abril de 2011. Não devo ter começado muito antes disso.

      2.       Porque corres?
Porque não ? Dediquei bastantes (e bons) anos ao vólei, mas os desportos de conjunto são demasiado rígidos em relação a horários e planos de treino. Depois de um pico de peso e de muita falta de disponibilidade física mesmo para as tarefas mais simples, decidi experimentar correr – algo que 90% dos voleibolistas abomina. É tempo que arranjo quando me dá jeito e posso, e um pretexto para estar sozinho, algo que também me faz falta.
      
      3.       Quantas vezes treinas por semana?
Normalmente 3 a 4 vezes, antes de provas mais exigentes chego aos 4 a 5 treinos semanais. Tudo muito errático e aleatório porque entre o trabalho e a família, planear o que quer que seja nem sempre é fácil.

      4.       Qual a prova que mais gostas? E a que te marcou mais?
Serra d’Arga. Estou emocionalmente ligado a ela, foi onde me estreei no trail running (2011 20k) e onde me estreei também nas distâncias superiores à maratona (2012 45k). Antes mesmo de experimentar uma maratona. Foi lá que descobri o prazer de correr na natureza e fiquei viciado. E que percebi que o nosso corpo dá sempre um bocadinho mais do que julgamos, assim a cabeça acredite. Correr na serra e preparar aqueles "empenos" é como um paradigma de vida – ser paciente, perspectivar o médio e longo prazo, e aprender a não desanimar perante os obstáculos.

      5.       Quais os teus próximos objectivos?
Sobreviver à Troika e ao desgoverno, educar os meus filhos como pessoas trabalhadoras, honestas e solidárias (e do Sporting também lhes ficava bem), comer bem e beber ainda melhor.
Desportivamente? Como diz o Grande Carlos Sá, procurar os meus limites e tentar superá-los. Rápido nunca serei, por isso resta-me perceber quantos kms é que aguenta o meu depósito. 2013 promete.

       6.       Já fizeste a Maratona? A tua opinião sobre a Maratona
A de Lisboa. Mesmo sentindo-me mais atraído pelas provas de trilhos, a maratona é um desafio muito grande e terminar a distância motivo de muita satisfação. Ainda por cima na minha cidade, de que gosto muito. E terminei a bom ritmo, sem dar por muros ou quebras muito grandes. É o tipo de prova que me vejo a repetir como pretexto para descobrir outras cidades e países, e onde acredito que o ambiente seja sempre especial.

      7.       O que é para ti o Run 4 Fun? Que benefícios retiras de pertencer ao Clube?
Os R4F são pessoas que correm por prazer e diversão, e onde a solidariedade é norma de referência. Não me canso de referir e apreciar a forma como, num grupo tão heterogéneo de homens e mulheres, os resultados de todos são celebrados. Sejam 100 milhas em montanha, ou a estreia numa caminhada de 5k. Mas só quem calça os ténis e se apresenta na linha de partida de uma prova é que pode perceber isso. É difícil para todos, e a todos atinge a euforia de terminar. Ou de pelo menos tentar.

      8.       Uma mensagem aos novos membros do Clube
Boa disposição é garantida. E temos sempre quem nos aconselhe bem e nos dê uma palavra de ânimo. Lembro-me da primeira meia maratona que corri, das cautelas com que abordei a distância e do admirado que fiquei com a minha conquista. O que evolui desde então deve-se em parte ao que aprendi com todos os membros da armada laranja, e da boa disposição e ambiente que encontro nas provas a que vou. Vale a pena, e a única coisa que é pedida é que se responda na mesma moeda. Nada mais fácil!

6 comentários:

João Ralha disse...

Miguel,

Entrevista muito interessante.

Este atleta vai longe. Tenho um "feeling" que ainda o veremos fazer a UTMB e talvez a "Badwater".

Assim o "depósito" o permita :)

Runabraços

Miguel Serradas Duarte disse...

João, não estou a ver mas aprendi a não dizer nunca :).

Manuel Romano disse...

Estou com o João Ralha, o Miguel é um daqueles atletas que temos no grupo que tem "estofo" para grandes eventos. Parabéns Miguel!

46 disse...

Brilhante relato Miguel.

O teu humor é simplesmente excecional.

E para quem treina "ao sabor do vento", as tuas prestações são magnificas.

Abraço,

AC

Patrícia Calado disse...

Seres o "atleta destacado" depois de mim só me pode encher de orgulho! ;)

Gosto de ti, Miguel, embora não goste das coisas de que tu gostas!!

És um grande atleta mas o que mais admiro em ti é o teu sentido de humor! Obrigada pelas gargalhadas que já me proporcionaste!

Até breve, numa corrida sem lama!

Nuno Sentieiro Marques disse...

Obrigado pela partilha Miguel.

Grande atleta, grande disposicao e um texto divertido como sempre.

Runabracos