Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

S. Silvestre dos Olivais 2012

Imagem
Esta S. Silvestre dos Olivais foi especial.


Em 1º lugar pela numerosa (perto de 40 atletas), alegre e sempre bem-disposta presença dos "Run 4 Fun", uma das equipas com mais atletas na prova e a mais numerosa de sempre da nossa equipa, na S. Silvestre dos Olivais. Só para comparar, em 2008, fomos 3 participantes.

Depois, pela participação dos que não correram, mas fotografaram, acompanharam e incentivaram os companheiros, Alfredo Falcão, César Moreira, Gerardo Atienza, Jorge Duarte Pinheiro e família, Manuela Cruz, o filho do João Pedro Palmela, família do Vasco Pipa e certamente mais alguns que, peço desculpa, não recordar agora.

Em seguida, pela nossa simpática prestação, 19º lugar por equipas, António Cruz, António Arede, Maria João Lopes e José Carlos Melo, num total de 69 equipas Pela brilhante classificação em 6º lugar feminino e 5º lugar do escalão, da Maria João Lopes a estrear-se com a  nossa camisola e pelo facto de todos termos acabado a prova bem e preparados para…

S. Silvestre Lisboa - grande prova!!

Imagem
Grande prova hoje, talvez a mais participada de sempre, em Lisboa. Acabaram  4.559 atletas na prova dos 10 km. O nosso clube teve  mais de de 50 atletas classificados, cerca de 1% dos "finishers".

Grande convívio e "mancha laranja"  junto à loja dos CTT antes da partida e depois, durante  a corrida, os tradicionais incentivos Run 4 Fun aos nossos atletas e também de alguns companheiros que não correram mas não deixaram de estar presentes, como o António Pedro Mata  ou o Bruno Lencastre.

Os mais rápidos foram os habituais: Luís Matos Ferreira, min. 38, Carlos Martins, min 39, António Arede e António Cruz min. 41 e José Carlos Melo min. 42. E mais uma série de grandes tempos, com mais alguns PBT´s atirados para a "história".

Tivemos uma dúzia de meninas classificadas, as mais rápidas das quais foram a  Luísa Ralha e a Mónica Miguéis, exatamente com o mesmo tempo, a  Margarida Gonçalves com um rápido sprint final, a Joana Peralta e a Patrícia Calado em gra…

A ultra maratona e o corredor...desafio?obstinação?

"Vómito, alucinações, sangue...Porque será que alguém no seu perfeito juízo correrá a Spartathlon?"

(The Economist, December 22, 2012)

De Atenas a Esparta, 245 km (sim, quase seis maratonas consecutivas...) em 36 horas (tempo máximo).

Nas pegadas do mais famoso maratonista da História, Filipíades, que no ano 490 A.C. fez a viagem, correndo desde Atenas, para ir solicitar ajuda aos Espartanos visando combater os persas. Conta o historiador Herodotus que o nosso primeiro maratonista da História terá chegado a Esparta no dia seguinte ao ter saído de Atenas.

A Spartathon moderna começa por iniciativa de John Foden, um oficial da Força Aérea Britânica e um corredor amador de longas distâncias. Depois de ter feito a distância em 1982 com quatro outros amigos, lançou-se na empreitada de organizar a primeira prova da era moderna, em 1983.

Trinta e seis horas de tempo máximo...com setenta e cinco pontos de fiscalização ao longo do percurso, cada um deles com um tempo limit…

24ª S. Silvestre dos Olivais, 2012 - informações

Imagem
Será no Domingo com início às 21:00 horas, junto à Sede da Junta de Freguesia. Os dorsais só poderão ser levantados no dia da corrida, a partir das 18:30.

Como se  trata do meu bairro eu farei o levantamento de todos os dorsais e entregarei aos nossos atletas. Vejam lá não se atrasem muito. A partir das 20:50 os dorsais remanescentes serão entregues de volta  à organização, para eventual entrega aos retardatários.

Nesta prova não existem as "amenidades" da S. Silvestre de Lisboa ( o orçamento é mais baixo) mas é uma prova bem simpática, muito para mim, pois foi a 1ª prova popular que fiz, julgo que no ano de 1992, passam agora 20 anos.

No ano passado estiveram, pelo menos, os atletas na foto, tirando os que entretanto já tinham ido embora.

Este ano esperamos ter mais alguns!!!

Runabraços

S. Silvestre de Lisboa 2012 - informações

Imagem
Realizam-se, amanhã, Sábado 29, com partida pelas 17:30  a corrida principal de 10 km e a Mini de 5 km. Mais informações podem ser consultadas aqui.

O ponto de encontro Run 4 Fun a partir das 16:30, será em frente da loja dos CTT, nos Restauradores.

Os transportes, Carris, Metro, Fertagus e CP, linhas Azambuja, Cascais e Sintra são à borla. Existirá um "bengaleiro", na tenda Asics nos Restauradores, para deixar saco e pertences.

Vamos fazer desta corrida mais uma grande festa "Run 4Fun"! Seremos umas dezenas de atletas a polvilhar de "laranja" as ruas de Lisboa. E não se cansem muito, pois ainda teremos,  nos dias seguintes, as S. Silvestres dos Olivais e da Amadora.

É claro que temos alguns "radicais" que já fizeram algumas S. Silvestre este ano e outros que irão fazer não uma "tripleta", não uma "quadripleta", mas uma "pentapleta" ou mesmo uma "hexapleta", ou mais!!??. Não hesitem em dizer-nos o vosso …

Ronda para maçaricos...revisitada

Agora que vários atletas do Run 4 Fun - R4F estão inscritos para Ronda, pode ser oportuno reler o que o Luís Ferreira e o Marco Gouveia escreveram sobre esta mítica prova, em meados de 2011...

Run 4 Fun - R4F: Ronda para maçaricos

Se escreverem Ronda na pesquisa do blogue, vão encontrar um texto delicioso, mas ao mesmo tempo muito realista, sobre a dureza de Ronda...

São Silvestre do Crato - R4F a correr também no Alto Alenteja

Imagem

Feliz Natal

Imagem
O Natal é o tempo de estar com a família, conviver com os amigos e de partilhar presentes e afectos.

É na família que podemos encontrar os afectos que nos dão força, a solidariedade de que precisamos nas horas difíceis, e partilhar as alegrias que nos ajudam a atravessar a vida.

É com os amigos que aprendemos a respeitar o outro, aprendemos os gestos que nos aproximam e nos ensinam a compreender melhor o mundo que nos rodeia.

Que a mensagem de fé e esperança que celebramos no Natal renove e aqueça com ternura os corações daqueles que nos acompanham na nossa caminhada pela vida.

Votos de um Feliz e Santo Natal.


34ª Média Maratón Sevilla - Los Palácios

Imagem
Foi por tantos amigos me terem falado desta prova que eu me perguntei: Porque não?
A viagem de sábado até Los Palácios foi desagradável devido ao temporal com chuva forte ao longo de toda a viagem. Levantei o dorsal na Feira dos Desportos, que estava animada com brincadeiras para crianças, mas haviam mais expositores de futebol do que de corrida. Dormi em Los Palacios, o que foi útil em termos logísticos. Nesta localidade nos arredores a sul de Sevilha há vários hoteis e hostals, mas por precaução, reservei com bastante antecedência.
Às 7:00 da manhã, começaram a distribuir os bilhetes da viagem de autocarro. Estes autocarros levavam-nos das 08:30 às 09:30, de Los Palacios para a partida. Ainda fui ao hotel tomar um bom pequeno almoço e preparar-me, antes de tomar o autocarro.

A partida às 11:00, era num local perto de Sevilha, junto de oficinas sem referência especial. Dá a sensação de medirem até 21,097 km e terminarem ali mesmo. Antes da partida encontrei uma boa coleção de portu…

A minha 1ª Maratona - João Veiga

Imagem
Quando as coisas no Porto não correram bem (ver aqui), ao contrário do que antigamente era meu habitual, não pensei em desistir...pensei em Lisboa.
Claro que preparar uma prova tanto tempo e falhar custa, mas a vontade era grande demais, foram uns dias de paragem, voltei a tentar correr e não deu e portanto foram 15 dias sem correr e depois um treino leve só para ganhar resistência e a culminar no GP Arrábida.

E o dia chegou...
Após um atraso cheguei com o Serafim e o José Magalhães já em cima da corrida, já não deu tempo para nada só mesmo para correr...a falta da ida ao WC ia se mostrar como um pequeno problema.
Arranquei calmo, estava com ideia de ir com o José Magalhães até rebentar porque assim seria só mais um treino, depois havia de rebentar e logo resolvia como chegar ao fim.
Colei-me então ao Zé e fomos no nosso ritmo passando o pessoal, íamos na conversa e pelo menos eu ia relaxado.
Ao cruzar pela primeira vez a Av. de Roma estava lá mais um apoio fundamental, a minha mãe, q…

A minha primeira e grandiosa Maratona

Imagem
A primeira maratona! (Paulo Martins)




O dia e a hora há muito que estavam marcados. Seria em Novembro de 2015 quando fizesse 50 anos e iria ser em Nova Iorque, esse sim era o sonho. O meu sonho.No entanto os planos alteraram-se completamente após a minha entrada para este fantástico grupo através do António Cruz, que sempre que me convidava para ir correr, eu dizia sempre o mesmo, que não estava preparado. Preparado até estava, mas não para o seu ritmo.Depois de muito treinar, resolvi fazer a minha 2ª Meia maratona, a 1ª tinha sido feita no já longinquo Ano de 2002. Escolhi São João das lampas, uma prova bastante dura mas muito bonita e bem organizada, fiz 1:49, nada mau para aquele momento.Depois fiz a meia maratona de Vasco da Gama, terminando a prova em 1:39. De seguida veio mais uma, a meia da Moita, com o tempo final de 1:35:58.Com os 20KM de Almeirim, onde terminei a prova com 1:29, comecei a pensar em correr a Maratona, pois 21KM já me sabiam a pouco.Quando li os relatos dos memb…

Maratona - está feita!

A minha primeira maratona foi mais ou menos o que esperava dela, mas ainda permitiu algumas surpresas. Como por exemplo fazer os dois kms finais com os joelhos dormentes, mas nem me posso queixar porque se doessem é que era chato, não é? Todo um mundo novo. Se fossemos sempre lógicos e prudentes ninguém tentava uma parvoíce destas, que conseguiu dar cabo do canastro a Filípides. Porquê então tentar? Cada um terá a sua justificação mas eu deixei-me levar pela mística da coisa. Uma maratona… ena. Mais do que me sentir parte de um clube restrito, queria saber se conseguia correr sempre e acabar confortável. Mentia se dissesse que o tempo final me era indiferente, por isso apontei vagamente para as 4h como marca para me deixar contente. Mas tinha muito respeito pelos "monstros" e "paredes" e por isso decidi avançar de forma cautelosa.
A irmandade laranja fez-se sentir antes e no dia da prova, tal como outros loucos que correm e com quem me vou cruzando em provas e trein…
Imagem
A minha primeira maratona  (Joana Peralta)
Mais do que a relatar, vou enquadrar a minha prova. Nunca me considerei uma pessoa desportiva e muito menos atleta. Mas lembro-me de ser pequenina e de ver a Maratona na televisão, e ficar fascinada. Como é que era possível que aqueles haver pessoas a correrem aquela distância, quase Lisboa- Ericeira?
A primeira vez que corri foi com a minha amiga Vanda por brincadeira, na Ericeira, com uns 17 anos. Fazíamos uns passeios ocasionais para mantermos a forma, e era muito divertido. Casei aos 18 com um desportista, e ele incentivou-me a correr. Comecei a correr sozinha pelas ruas de S. João do Estoril aos 19 anos, e adorei. Mas tive um acidente ao fim de muito poucas corridas… levei com um portão de ferro de uma garagem quando estava a correr num passeio e fiquei estendida sem sentidos no chão. Fui levada para o hospital com um traumatismo craniano e nunca mais corri na rua.
Voltei a correr muitos anos mais tarde no ginásio. Inscrevi-me num ginásio e…