Mensagens

Os 12 Magníficos Concorrentes

Imagem
No âmbito do projecto editorialR4Fem curso, foi lançado ao longo do mês de Março um concurso de textos sob o tema:
"O que significa, para mim, correr?" Pretendia-se desta forma seleccionar o conteúdo da contra-capa do livroR4Fa editar brevemente. Ao todo tivemos 12 concorrentes. Os textos apresentados a concurso são transcritos seguidamente pela sua ordem de submissão.


"A felicidade não tem valor evolutivo. O que procuramos é a transcendência. E o que procuramos transcender é a nossa finitude, a nossa fragilidade, o nosso medo profundo. Vivemos aterrados. Perdidos num universo que não compreendemos, no qual não encontramos lugar nem propósito para as nossas curtas existências. É o terror do vazio que nos empurra para a frente. Não avançamos à procura da felicidade. Fugimos do vácuo.  Não experienciamos de forma absoluta o momento presente, mas vivemos antes imersos num contínuo que nos mergulha no passado e nos projeta no futuro. O lobo é mais um ser do presente, o qual v…

2ª. EDIÇÃO PELOS " MONTES DA MARMELEIRA "

Imagem
2ª. EDIÇÃO  PELOS  " MONTES DA MARMELEIRA "

                                                               24 de MARÇO de 2018

                 Depois da 1ª. Edição em Junho de 2015 foi decidido em concordância com a actual
                 Direção do Grupo, efectuar de novo este evento.

                 O plano foi identico ao anterior, com algumas novidades tais como alteração do local do
                 almoço e também com a abertura a pessoas não pertencentes ao Run 4 Fun que marcaram
                 presença neste convívio.

                 Entre corrida, caminhada, jogo de futsal e almoço reunimos 24 pessoas.

                 Na corrida de 10 kms, em percurso de terra batida e passagem pelos Montes com subida
                 num onde se encontram as antenas de telecomunicações, participaram o Teodoro
                 Trindade, Carla Rebelo, Sandra Simões, Ana Clara Melo, Adalberto Grilo, Rui Faria,
                 João Barre…

Mau e depois ainda fica pior

Imagem
A corrida entrou definitivamente na minha vida. Não me considero um runner e muito menos um atleta, sou mais “um tipo que aprecia correr a sua corrida”, considerando-a algo muito pessoal e de difícil descrição. Com algumas provas nacionais, resolvi que era altura de participar em algo fora de Portugal e inscrevi-me na ‘Movistar Medio Maratón de Madrid 2018’. É aqui ao lado, dá para fazer uma escapadinha de fim-de-semana e ainda se faz o gosto à perna. Para além disso é a internacionalização da ‘coisa’ e vamos para aprender. Domingo, 8h, dia de prova, uma imensidão de gente e um friozinho que nos faz pensar em voltar para a cama porque até às 9h ainda falta uma eternidade e com certeza que vamos congelar antes da partida. Com o arranque, temos a “confusão” habitual, com a necessidade de navegar por entre um mar de pernas e sapatilhas. Ânimo que a meta é já ali. O que eu ainda não sabia era que podia estar tão perto mas mesmo assim tão longe. Mas já lá vamos. Com a altimetria estudada …

Caminho Português de Santiago a partir de Valença

Imagem
O caminho de Santiago é exigente, mesmo seguindo itinerários recomendados que têm etapas médias de 20kms. As dificuldades surgem principalmente pelas longas horas a caminhar, pelo piso irregular e também pelo perfil do percurso, que apresenta subidas e descidas.
PREPARAÇÃO FÍSICA
Os treinos de preparação, são importantes, para prevenir azares e garantir algum conforto. Recomendo que a soma dos treinos atinja uma distancia de 100 km, devendo incluir vários tipos de piso, alcatrão/calçada, estradão e trilhos. Nós treinámos várias vezes em Monsanto, no Jamor, na zona Marginal do Tejo entre Cascais e Lisboa e em circuitos urbanos de Lisboa. Queríamos ter ido a outros sítios, como Sintra e a Arrábida, mas “o óptimo é inimigo do bom” e o importante era treinar, o que fizemos.

Começamos por um treino de cinco quilómetros, depois aumentamos para 7,5 depois 10, 15 e 20, que foi a distância maior que fizemos em treino. Depois dos 20 quilómetros voltamos aos treinos de 10 km que sendo uma distânc…

Emeritvs Augvstvs

Imagem
O RUN 4 FUN ganhou este fim de semana mais um "cientounero": o Rúben Costa. A sua participação nas LXVII Millas Romanas (100 km) foi notável, um enorme sucesso.


A prova, na sua 20ª edição, teve início às 21h de 6/abril/2018 junto ao Anfiteatro Romano no centro de Mérida (a Emerita Augusta). As condições climatéricas estavam agrestes devido à chuva persistente, ao vento e ao tempo frio. O terreno também não facilitou, era duro com pedra solta irregular, cascalho e muita lama. A baixa visibilidade e o terreno traiçoeiro tornaram a progressão nocturna deveras dificil e consumidora de energias.


Estas condições requeriam uma marcação reforçada do percurso, o que não aconteceu. Os abastecimentos e os recursos neles existentes também deveriam ser substancialmente melhoradas. Nos dois primeiros abastecimentos, as filas para carimbar os passaportes (rutometros) eram enormes, gelava-se nos largos minutos de espera.

Mas este cenário agreste só engrandece a proeza do Rúben que por opção ef…

Atleta em Destaque: Rui Faria

Imagem
Rui Faria,
45 anos, Informático.





O Rui Faria é um ícone do nosso Clube. É uma pessoa positiva, alegre, participativa, empenhada, empreendedora, ... (e podia continuar) ... é "boa onda". Integrou a direcção KISS 2017 onde realizou um trabalho notável. Por exemplo, a dinamização dos treinos regulares durante a semana na Expo tiveram o seu contributo decisivo. Mas o Rui é igualmente um atleta notavel (quem sabe se o futsal não perdeu um talento) com prestações muito acima da média. O seu PBT na maratona está actualmente abaixo das 3h30, fantástico, e nos trilhos ninguém o pára. Da sua entrevista gosto particularmente do apelo à participação de todos os membros nas actividades do Clube, é sempre muito melhor treinar com companhia. Por isso, de certeza, vamos encontrar o Rui muitas vezes onde houver treinos. Um abraço.


1. Há quanto tempo corres? Durante muitos anos corria atrás da bola de futsal e futebol 7. Desde 2013 que comecei a correr. Portanto à 5 anos
2. Porque corres? Em primeir…

Os Jedi da lama

Obi Wan Kenobi definiu a força como a energia universal, presente em tudo e em todos, que rodeia, penetra, une e mantém tudo ligado.Enquanto corria no Trilho de Belas, pareceu-me óbvio. A força e a lama são a mesma coisa. Vamos por partes. Presente em tudo? Sim, nos ténis, nas meias, nos calções, na camisola, nos bolsos, nas pernas, nas mãos, na cara e no cabelo. E em todos. Conhecem alguém que saia de uma prova de lama, sem levar alguma para casa?
Rodeia e penetra? Rodeia cada passada. Penetra nas unhas. Preenche os rasgos da sola e mantém-nos unidos ao chão, seja pelo peso extra, seja pela falta de aderência que nos leva a cair de nádegas, de cotovelos ou, nos casos em que a força é forte num indivíduo, de cara. E quando a lama se torna num obstáculo muito difícil, como por exemplo, numa inclinada subida com corda, é vê-los todos unidos, por vezes de mãos dadas, a puxarem-se mutuamente enquanto patinam ladeira acima.  Na força, há quem ceda ao lado negro. Na lama é igual. Há quem se d…